O valor das coisas ruins e o quão leve somos

Comprei na Steam o game Final Fantasy VIII e estou terminando-o pela primeira vez. O romance entre Rinoa e Squall me fez pensar em muitas coisas, coisas boas e coisas ruins. Como relacionamentos funcionam e como a mídia costuma apresentá-los para nós. A que mais me marcou, pelo motivo do que andei passando pelos últimos anos e por algo que estou passando agora, é a frase “É só quando perdemos alguma coisa que damos o devido valor dela”.

A protagonista Rinoa entra em coma e é quando Squall não pode mais ouvir sua doce voz todos os dias que ele percebe o quanto a ama e como não dava o devido valor à amada. Mas o que eu estou vivendo agora, apesar de oposto, é muito semelhante. Você não vê o quanto alguém te faz mal até essa pessoa ir embora.

Não sei o que torna um relacionamento normal um relacionamento abusivo, e existe uma linha muito fina entre relação abusiva e algo que simplesmente não te faz mais bem. Então eu não vou falar que algo é abuso quando simplesmente não é saudável, mas vou falar do quanto não é saudável, sim. Para me ajudar a me tornar uma pessoa mais sã.

Sempre nos aproximamos das pessoas porque elas tem algo que nos atrai. As vezes uma luz interior que nós gostaríamos de ter também. Precisamos entender que a pessoa se atrai por nós também. Relações são criadas, pelo menos no começo, a partir do interesse mútuo. A partir do momento que um perde interesse, a relação acaba. E não se confunda com meu texto, não estou falando (apenas) de namoro como, principalmente, de amizades.

Acontece que as vezes a nossa luz é muito boa e atrai pessoas não tão boas, mas como nós não enxergamos nossa própria luz, damos o valor indevido aos outros. Se déssemos a nós mesmos o nosso devido valor, jamais cairíamos em armadilhas como estas. E assim, a pessoa vai te machucando. Porque você ainda vê aquele brilho antigo, você releva e releva, até que não dá pra relevar mais.

E quando você perde aquela pessoa, você percebe o quão feliz você é sozinha. Como existem outras pessoas, outras amizades e outros amores, a serem exploradas. Você se cerca de pessoas e energias positivas novamente. Você sente que tirou um enorme peso das costas, porque foi isso que aconteceu. O peso de um relacionamento que não é mais saudável é maior que o mundo.

E assim, da mesma forma que eu percebi, eu espero que você perceba que as pessoas que você perdeu, muitas vezes você tê-las perdido foi o melhor que podia acontecer com você. Porque a gente só dá o devido valor ao que nós faz mal depois que isso vai embora.

Deixe uma resposta