#vidasaudável,  Papinho

Sobre como não esquecer as coisas

Você já chegou no trabalho e percebeu que esqueceu a carteira em casa? Ou chegou em casa e percebeu que esqueceu a carteira no trabalho? Esqueceu da data de entrega de um trabalho, ou de trazer alguma coisa pra um amigo que você prometeu. Não é que você se esquece do que queria fazer, mas esquece de fazê-lo. Então você é um desatento avoado, como eu!

Vejo muita gente ao meu redor que tem essa dificuldade, assim como eu. E apesar de verem esse “hábito” como algo ruim, não sabem que existem maneiras de evitar que as coisas passem voando pela nossa cabeça. Não sabem, ou esquecem de ir atrás. Bom, bolei algumas dicas que eu mesma coloquei em prática na minha vida pra tentar ser menos desatenta. São dicas de como não esquecer as coisas. Ainda não solucionou meu problema 100%. Mas melhorou bastante!

1) Diga as coisas em voz alta.

Muitas vezes eu preciso interromper uma tarefa no meio pra começar outra que é mais urgente. E por isso, eu tenho que “largar” alguma coisa. As vezes é algo não-material que estou fazendo, por exemplo uma leitura. Ou estou com alguém no telefone e preciso resolver outro problema. Muitas vezes, o que eu estava fazendo, o que foi largado no meio, acaba sendo perdido. Esqueço onde salvei o arquivo, esqueço onde guardei meu livro, esqueço onde deixei meu celular.

Por isso, sempre que vou largar alguma coisa no meio, eu digo em voz alta “estou deixando meu celular na cabeceira.” Pode parecer maluquice, mas se você estiver sozinho, ninguém vai te achar maluco. Se estiver alguém por perto, diga em voz alta para essa pessoa, como se você quisesse informá-la também do que está fazendo. Dessa forma, quando você for procurar pelo que deixou na metade, terá a memória de quando você falou onde o objeto estava. É mais fácil de guardar do que simplesmente um pensamento.

2) Anote as coisas.

Quando éramos pequenos e íamos à escola, sempre anotávamos as tarefas que precisávamos entregar na nossa agenda. Era um hábito saudável que muita gente perde com o tempo. Você não precisa, necessariamente, anotar em um caderninho, se você não gosta de andar com uma agenda consigo. Mas o celular você carrega, não?

Existem aplicativos que tem a mesma funcionalidade de uma agenda, com a vantagem de também ser um alarme. Ou seja, você anota que dia 3 de março, às 14 horas, você tem uma reunião. O aplicativo vibrará perto do horário e te lembrará do evento. Bacana, né? Existem vários aplicativos com essa funcionalidade, mas o que eu uso é o Keep. Ele funciona muito bem e é bem bonito, o que é bem importante pra uma designer, né? Tem o visual de post-its e eu amo post-its.

3) Liste as coisas.

Ainda na vibe de anotação, você pode listar as coisas que você precisa fazer dentro daquele projeto ou evento. Por exemplo, vou ao mercado? Então farei uma lista de tudo que eu preciso comprar pra minha casa, afim de não acabar esquecendo alguma coisa. Estou projetando alguma coisa para um cliente? Liste todas as coisas que preciso entregar para ele até a data final, pra não acabar esquecendo algum detalhe e soar como uma pessoa sem profissionalismo.

Eu sempre ando com o meu moleskine, então algumas das minhas listas ficam nele. Mas se você tem aversão à papeis, tenho certeza que seu celular tem algum aplicativo chamado Notas. Android, iPhone ou Windows Phone, todo smartphone tem um app chamado Notas, haha.

4) Viva uma vida saudável.

Ter uma vida saudável não é só ter um corpo que as revistas sugerem ser o ideal, não é só o fator físico. É o mental também. Para que seu cérebro funcione direito, é sempre bom se alimentar bem, dormir bem, se cercar de pessoas e tarefas que não te estresse tanto, cuidar do corpo, ter uma boa higiene, viver em harmonia com as coisas e as pessoas. Ter menos problemas bobos na cabeça, como brigas infundadas, picuinhas com pessoas aleatórias. Isso te dá mais espaço para o que realmente interessa, sem fazer com que você se sinta sobrecarregado.

Pense de forma positiva. Se eu esqueci de alguma coisa hoje, foi um erro. Amanhã farei o possível para que não aconteça novamente. Pensamentos negativos ocupam muito nossa cabeça e as vezes nos impedem de tentar algo novamente. Não se puna muito por esquecer as coisas, mas também não se conforme.

5) Livre-se de distrações.

O que te distrai e interrompe seu processo mental? Muitas coisas podem fazer isso, depende muito de pessoa pra pessoa. Tente prestar atenção nisso, no seu trabalho, escola ou casa. Eu percebi que tenho dificuldade de trabalhar com pessoas falando ao meu redor. Tenho dificuldade de trabalhar com música alta, se ela for cantada. Pra mim, o ideal é trabalhar com música instrumental. Aguça mais minha criatividade e eu não confundo o que estou fazendo com o que está sendo falado no meu ouvido.

Pra terminar suas tarefas, você precisa estar 100% focado, independente do que for, mas especialmente na escola e trabalho. O grau de envolvimento no que estamos fazendo é crucial, é o que torna o trabalho bem feito e menos cansativo. Quando estamos distraídos, demoramos muito mais pra terminar uma tarefa simples. Preste atenção no que te distrai e, durante o período em que você precisa estar focado, livre-se disso. Diversão e amigos pode vir depois, sem problema nenhum. Desde que o trabalho esteja concluído.

Bom! Essas são as minhas dicas pra manter-se focado e não esquecer das coisas. O olácarol.com.br ainda não foi oficialmente lançado, mas se você estiver lendo isso, comente quais são as suas dicas pra não esquecer de nada!

Compartilhe!

Moro em São Paulo, tenho 26 anos e trabalho com design e desenvolvimento web desde 2012. Sou apaixonada por games e literatura, mas as duas coisas que eu mais amo no mundo são cachorrinhos e qualquer coisa cor-de-rosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *